"Morte de um DJ" no O'culto da Ajuda

Nos próximos dias 30 e 31 de Outubro a Miso Music Portugal recebe no O'culto da Ajuda em Lisboa o Teatro da Rainha, que irá apresentar o espectáculo Morte de um DJ de Jean-Pierre Sarrazac, com tradução e encenação de Fernando Mora Ramos
, cenografia e figurinos de José Carlos Faria, design sonoro de Carlos Alberto Augusto, 
máscara e caracterização do DJ por Luís de Matos
, iluminação de António Plácido, assistido por Carina Galante e Filipe Lopes; e na interpretação de Maria Quintelas, Alexandre Calçada e Fábio Costa.

DJ — Para derrubar esse Muro que rasga o mundo em dois. Esta noite quando tocar a minha música não haverá senão um único mundo. Todo o planeta se tornará uma aldeia. Sobre toda a terra reinará a paz da aldeia. Esta noite tenho um encontro marcado com esta cidade.

Na peça Carlota dormiu com DJ mas DJ não se lembra — nem que na cama estava. Ela quer a confirmação disso mesmo como sinal da sua própria existência. Aconteceu-lhe amar outro corpo. O que lhe acontece pertence-lhe, no sentido de que aquilo que fazemos somos nós mesmos e que somos responsáveis pelo que nos acontece — a alienação é o contrário, fazermos algo que não somos, algo em que somos instrumento. Ele, DJ, nega-lho, isto é, está tão envolvido na sua nova máscara que o David de que ela fala desapareceu com o dealbar da manhã. Ele é agora DJ e a sua nova música pretende fazer desabar o Muro de Berlim.

Teatro da Rainha

Os espectáculos vão decorrer nos dias 30 e 31 de Outubro, às 21h30 no O'culto da Ajuda em Lisboa.

Mais informações

 

FaLang translation system by Faboba