Teatro Electroacústico - Historial

Teatro Electroacústico nasceu em 2006 com a criação do projecto Contos Contados Com Som, cuja estreia decorreu no âmbito do Festival Música Viva em co-produção com o Centro de Pedagogia e Animação do Centro Cultural de Belém, então dirigido por Madalena Victorino.

O projecto Contos Contados Com Som foi apresentado ao longo destes últimos anos na Casa da Música, no Teatro Viriato, no Ecomuseu Municipal do Seixal, no Cinema-Teatro Joaquim d’Almeida, na Casa da Cultura de Coimbra, na Biblioteca Municipal de Águeda, no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro, no Centro Cultural de Cascais, na Biblioteca Nacional, entre tantos outros espaços culturais do país. Integra desde 2007 a programação periódica da Temporada Miso Music Portugal.

Na sequência do sucesso do projecto Contos Contados Com Som, a Miso Music Portugal criou em 2009 o projecto Contos Sonoros Eróticos. Este projecto destinado ao público adulto foi concebido tendo também como base a relação entre a literatura e a música electroacústica. Foram encomendadas para a estreia deste projecto 5 obras musicais originais aos compositores António de Sousa Dias, José Luís Ferreira, Paula Azguime / Miguel Azguime, Beatriz Ferreyra e Robert Normandeau. A cada compositor foi dada a possibilidade de escolher um autor ou história, original ou não, bem como uma linguagem musical que no seu ponto de vista correspondesse à dimensão erótica do texto escolhido.

Ambos os projectos que integram o Teatro Electroacústico são espectáculos “interactivos”, onde a comunicação é animada não só pelo actor mas também pelo intérprete electroacústico (responsável pela projecção sonora e pelas transformações electrónicas), num propósito de dar a fruir e a conhecer, ao público, a influência da utilização da tecnologia na música de hoje, proporcionando também o contacto com a informática musical, estimulando a curiosidade pelos fenómenos do som e da música e promovendo o desenvolvimento musical ao nível da percepção auditiva e da criatividade.

A qualidade artística, lado a lado com uma componente pedagógica subjacente, motiva e encanta o público, oferecendo matéria de reflexão e estimulando a abertura a novas linguagens musicais aliadas à arte literária.

Sound Told Fairy Tales

    Imprimir Email