Duo Improvisado . PIOTR DAMASIEWICZ e RODRIGO PINHEIRO

26 de Outubro de 2018 | 21h30
O'culto da Ajuda | Lisboa

DUO . PIOTR DAMASIEWICZ e RODRIGO PINHEIRO

 

Concerto de música improvisada com os músicos Piotr Damasiewicz (trompete) e Rodrigo Pinheiro (piano).

 

Piotr Damasiewicz

Trompetista. Estudou na academia de música em Wrocław, Bydgoszcz e Katowice, Polónia. Fundou associação “Music according to Art Association” (MATA) que promove artistas à procura de soluções alternativas na música e na arte. O seu trabalho musical faz referência à linguagem model do Jazz, do Free Jazz, da música clássica europeia, da nova música improvisada europeia, da sound art e da improvisação electroacústica.

Damasiewicz colaborou com músicos e artistas como Jason Moran, James Carter, Phil Minton, Lotte Anker, Tomasz Stańko, Kazuhisa Uchihashi, Magda Mayas, Raymond Strid, Pall Nilssen Love, Dave Rempis, Michael Zerang, Gerard Lebik, Andrzej Bauer, Cezary Duchnowski, Jeb Bishop, Rudi Mahall, Spinifex, Red Trio, Igor Pudło, Jon Falt, Per Zanussi, Samuel Blaser, Hans Koch, Joker Nies, Bettina Wenzel, Satoko Fuji, Morihide Sawada, Maciej Garbowski, Maciej Obara, Dominik Wania.

Damasiewicz tocou em festivais importantes como North See Jazz Fest., Tokyo Jazz Fest., London Jazz Fest., Jazz Jamboree., Dizzy’s Club Lincoln Centre, Jazztopad, Isai Festival Chennai., Cracow Autumn Jazz Fest., Menchester Jazz Fest.,Warsaw Summer Jazz Days., Paris Banlieues Jazz Fest., Music Biennale Zagreb., Ars Musica Brussels, Vancouver International Jazz Fest.,  e muitos outros.

https://en.wikipedia.org/wiki/Piotr_Damasiewicz

 

Rodrigo Pinheiro

Nasceu em 1973 na Covilhã e começou a estudar piano aos 5 anos no Conservatório de Música da Covilhã e mais tarde no Conservatório Nacional de Lisboa que frequentou até aos 19 anos. Partindo de uma abordagem intuitiva à improvisação e à exploração tímbrica do piano na sua abordagem mais clássica e pela utilização de técnicas extensivas, a sua música caracteriza-se pela energia, poliritima e contrastes, tendo para isso contribuído os vários workshops de improvisação e composição em que participou com músicos como Carlos Zíngaro, Peter Kowald, Gunther Muller e Patrick Brennan.

Aos dezoito mudou-se para Lisboa e começou progressivamente a envolver-se com a cena da música improvisada neste cidade. Juntamente com Hernâni Faustino e Gabriel Ferrandini, formou em 2010 o RED trio que tem sido nos últimos anos o seu principal projecto, com oito álbuns editados em editoras como a Clean Feed e Nobusiness Records. É também membro do quarteteo Clocks & Clouds, do trio earnear e nos últimos anos tem desenvolvido trabalho a solo.

Tocou nas mais variadas situações com músicos como Axel Dorner, Mattias Stahl, Per Anders Nilsson, John Zorn, Nobuyasu Furuya, Nate Wooley, John Butcher, Lotte Anker, Joe McPhee, Keir Neuringer, Rodrigo Amado, Ernesto Rodrigues, Nuno Torres, Ricardo Jacinto, Nuno Rebelo, Jason Stein, Hiroshi Kobayashi, Pedro Sousa, Albert Cirera, Gerard Lebik, Piotr Damasiewicz, João Camões, Miguel Mira, Luis Vicente, Marco Franco, entre muitos outros. 

Tem tocado e gravado Portugal, EUA, Holanda, Alemanha, Áustria, Polónia, Noruega, Sérvia, Roménia, Lituânia, Rússia.

http://rodrigo-pinheiro.com

https://rodrigopinheiro.bandcamp.com