Workshop de Voz com SHELLEY HIRSCH

12 e 13 de Novembro de 2018 | 15h00 às 19h00 |
 O'culto da Ajuda | Lisboa |

WORKSHOP DE VOZ COM SHELLEY HIRSCH

 

Em Novembro, a cantora e compositor Shelley Hirsch conduzirá um workshop de voz entitulado "Liberta as tuas 1000 vozes", no O'culto da Ajuda.

Participação: 50€/pessoa

Público-alvo: vocalistas, músicos, actores, professores, poetas, artistas de som, artistas visuais, contadores de histórias de todos os níveis.

Número máximo de participantes: 12

Limite para inscrição: 10 de Novembro de 2018

 

O workshop tem especial foco em:

- Libertar a imaginação, invocando imagens sónicas;
- Localizar ressonâncias no corpo e na sala;
- Encontrar / alimentar a linguagem - real e imaginária;
- Usar o movimento para empurrar o formando ao encontro voz, criando memórias e narrativas verbal e abstrata;
- Improvisar com um vocabulário expandido que inclui técnicas alargadas, e esticar o instrumento de maneiras inesperadas num território que esperamos ainda desconhecido.

Tudo isto começa com exercícios de respiração, e o workshop toma forma com base nos alunos que participam. De forma lúdica, abordar-se-ão várias técnicas e formas de conectar materiais.

 

Shelley Hirsch é uma cantora, compositora, “storyteller” e performer de renome internacional e aclamada pela crítica, cujos trabalhos para concertos, palcos, exposições, gravações e filmes foram apresentados em várias salas de concertos, museus e teatros, e na televisão e rádio, nos 5 continentes.

 

 

“Recuando tanto como até à sua infância, Hirsch escava implacavelmente as suas experiências de vida, inventando, como uma 'colagem' brilhante, reminiscências que são alternadamente (e às vezes simultaneamente) inquietantes e eufóricas. Abraçando personagens arquetípicas como Blanche Dubois, ela tece as suas essências reinventadas no labirinto das associações, criado pelas suas composições. Investigando a consciência imediata, a consciência da memória e a consciência de criação de imagens, Shelley torna-se uma produtora de imagens sónicas, reciclando o que é descartado e estranho. O seu acesso sem restrições à matriz do automatismo aumenta o seu dom da ingenuidade espontânea.

O domínio de Hirsch de técnicas extensas concede uma enorme variedade à sua música. O tom da sua voz pode variar da vulnerabilidade audaz à intimidade carismática (especialmente nos segmentos de contar histórias), ou das excursões alucinatórias que flutuam sem esforço da voz falada/cantada para o puro canto hirschiano. Tais transições permanecem sempre visceralmente conectadas ao texto e ao contexto.” (do ensaio de Anne LeBarons / Surrealismo na música pós-moderna - Garland Press)

 

"Hirsch é uma mulher de 1000 vozes" (...) "uma vocalista extraordinária... Muito inventiva, sarcástica, satírica e virtuosa... Uma presença brilhante  e esmagadora em palco." (The New York Times)

 

www.shelleyhirsch.com

    Imprimir Email