◄ Voltar
Temporada

Voz Extraordinária Inês Simões • Festas de Lisboa 2018

de 30 de Jun. de 2018
a
30 de Jun. de 2018

O'culto da ajuda
Belém, Lisboa, Portugal

Sábado dia 30 de Junho 2018, 21h30 - O’culto da Ajuda em Lisboa

 

Duo Tágide

Inês Simões. soprano

Daniel Godinho . piano

 

PROGRAMA

Igor Stravinsky – 3 Poemas Japoneses / 1912-1913

I           Akahito

II          Mazatsumi

III         Tsaraiuki

 

António Chagas Rosa – Chants de Teika (Fujiwara no Sadaie) / 2011 **

I           Au crépuscule

II          Arrêtant mon cheval

III         Cette nuit de printemps

IV         Je promène mes regards

V          Même si tu prends un autre oreiller

 

George Crumb – Apparition - Elegiac songs and vocalises (Walt Whitman) / 1979 *

I                       The night in silence under many a star

Vocalise 1:       Summer sounds

II                      When lilacs last in the dooryard bloom’d

III                     Dark mother always gliding near with soft feet

Vocalise 2:       Invocation

IV                     Approach strong deliveress!

Vocalise 3:       Death carol (“song of the nightbird”)

V                      Come lovely and soothing death

VI                     The night in silence under many a star

 

* estreia em Portugal

** estreia absoluta

 

 

Um século separa os dois ciclos de Stravinsky e Chagas Rosa, ambos sobre poemas japoneses. Traduzidas para russo, as pequenas miniaturas de Igor Stravinsky (1912-13) são uma representação musical das pinturas japonesas, concisas e puras. O tema é a chegada da Primavera. Nas canções de António Chagas Rosa (2011), a Natureza assume também o protagonismo, mas manifesta-se paralelamente no interior emocional do sujeito poético - e a música reflecte bem essa ambivalência. Os textos são do grande poeta do século XIII, Fujiwara no Sadaie, ou Teika (em traduções para francês).

Incontornável obra-prima do século XX, o ciclo Apparition (1979), do compositor americano George Crumb, dá-nos por fim uma visão cíclica da Natureza. Assombrosa e reconfortante, ela detém o poder sobre a Vida e a Morte.

Duo Tágide

 

 

Inês Simões é um jovem soprano cuja versatilidade lhe permite cantar um vasto repertório, desde o Barroco à música contemporânea.

Trabalhou com os maestros Magnus Lindberg, Hannu Lintu, Paul McCreesh, Sian Edwards, Jean-Sébastien Béreau, Marcelo de Jesus, Nuno Côrte-Real, Rui Pinheiro e João Paulo Santos, os encenadores Kristiina Helin, Olivia Fuchs, Max Hoehn, Claudio Hochmann, Fernanda Lapa, Figueira Cid e Alexandre Lyra Leite. Colaborou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Gulbenkian, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Ensemble d’Arcos e Ensemble Contemporaneus. Apresentou-se na Fundação Calouste Gulbenkian, Barbican Hall, Barbican Pit, Sadler’s Wells, London Coliseum, British Museum, Millennium Centre, bem como nos festivais Dias da Música no CCB, Terras Sem Sombras, Música na Fábrica, Oxford Lieder Festival, Song in the City Concert, Grimeborne Festival e Tête-à-Tête e ainda na  BBC Radio 3 In Tune e Antena 2.

Em ópera, sublinham-se a estreias mundiais de Play de Jamie Man, Tabacaria de Luís Soldado e The Fisherman’s Brides de Lucie Treacher, e as estreias nacionais de Onheama de João Guilherme Ripper, King Harald’s Saga de Judith Weir, The Waiter’s Revenge de Stephen Oliver e Hummus de Zad Moultaka. Do repertório standard contam-se os papéis de Contessa (Le Nozze di Figaro - Mozart), Susanna (Il Segreto di Susanna - Wolf-Ferrari), Gretel (Hansel und Gretel - Humperdinck), Giulia (La Scala di Seta - Rossini), Rita (Rita - Donizetti), Clarice (Il Mondo della Luna - Haydn), Bubikopf (Der Kaiser von Atlantis - Ullmann), Aminta (Il Re Pastore - Mozart) e Bastienne (Bastien und Bastienne - Mozart).

Em oratória estreou-se no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian ao lado de Iestyn Davies em Solomon de Haendel, interpretando na temporada seguinte o Messias. Participou ainda em obras de Marcos de Portugal, Mozart, Rossini, Schubert, Rutter e Orff.

Grande entusiasta de música contemporânea, Inês Simões estreou mais de 10 obras encomendadas para a sua voz, destacado-se os compositores Jamie Man, Nuno da Rocha, Igor C. Silva, Daniel Moreira, Pedro Faria Gomes, Federic Neyrinck e Miguel Azguime.

É Mestre em Artes, Estudos Vocais Avançados, pela Wales International Academy of Voice, onde estudou com Dennis O’Neill, e em Canto pela Guildhall School of Music and Drama, onde ganhou o Tracey Chadwell Memorial Prize. É licenciada pela Academia Nacional Superior de Orquestra. Ganhou o 3º lugar do Prémio Jovens Músicos 2010 e o 2º lugar no Prémio José Alegria em 2008.

www.inessimoessoprano.com

 

Daniel Godinho apresentou-se como pianista em Portugal, Espanha, França e Holanda, e em importantes eventos tais como o Festival Internacional de Música de Mafra, o Festival das Artes de Coimbra, o Festival CisterMúsica de Alcobaça e ainda em concertos para a Antena 2.

Em 2014 gravou o seu primeiro CD com o soprano Inês Simões, dedicado ao repertório de canção ibérica.

Foi pianista acompanhador no Instituto Piaget e na Escola Superior de Música de Lisboa e é actualmente professor na Escola de Música do Conservatório Nacional. Tem acompanhado em concursos importantes, como o Prémio Jovens Músicos, o Prémio de Interpretação do Estoril e o Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa.

A sua paixão pela música vocal e coral tem-no levado a colaborar com vários coros, nomeadamente o Coro Gulbenkian, e a desenvolver um trabalho contínuo com o soprano Inês Simões, explorando um repertório de canção muito abrangente.

Daniel Godinho estudou na Escola Superior de Música de Lisboa e na Academia Nacional Superior de Orquestra, onde foi aluno de Alexei Eremine.

Especializou-se no acompanhamento de Lied, em 2007 no Conservatório de Amesterdão e em 2010 na Deutsche Lied Akademie em Trossingen. Aperfeiçoou-se com importantes músicos como Rudolf Jansen, Axel Bauni, Eugene Asti, Udo Reinemann, Jan Philip Schulze, David Selig, Sarah Walker, entre outros.

 

 

Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Endereço Travessa das Zebras 27