Miso Music Portugal Concert Season

The Miso Music Portugal Concert Season is a cycle of performances organized in connection with various activities exercised by Miso Music Portugal during the year. The Concert Season programmes have different character, varying between events dedicated to electroacoustic, mixed or acoustic music, performances for children, events dedicated to education through art, concerts organized on the occasion of new CD releases or special events dedicated to one composer in particular.
This wide range of proposals is joined by the Miso Music Portugal's quality of providing new music concerts on the highest level, with the participation of renowned performers from the world over. As always, in our programming strategy we give focus to Portuguese music, putting into perspective 20th and 21st century works and the ones being created here and now.

Check here the archive of the Concert Seasons up to 2013

◄ Back
O'culto da Ajuda - other projects

7 Poemas para um Mundo Novo • cinema

20 04 2021 19:00

O'culto da Ajuda

“Este projecto é sobretudo sobre a vulnerabilidade. A da nossa espécie. A dos nossos corpos. Das nossas vidas. Da construção a que chamamos de sociedade.” - Fernando Mota
 
“Há uma palavra que define este projecto, essa palavra é urgência. Urgência em criar, produzir, mostrar, os tempos que vivemos exigem-no.” - Mário Melo Costa

7 Poemas para um Mundo Novo nasceu da pandemia. Na verdade, nasceu ainda antes da pandemia, na cabeça dos seus criadores, Fernando Mota e Violeta Mandillo, num dia em que Fernando andava a recolher carvalhos em Montemuro para construir instrumentos-árvores, como a Hárvore, metade árvore, metade harpa, que dá o mote a esta história de encontros felizes.
 
Do convite estendido por ambos ao realizador Mário Melo Costa nasceram sete pequenos filmes com textos inéditos de Andreia C. Faria, António Barahona, Joana Bértholo, José Luís Peixoto, Marcos Foz e Vasco Gato, e um texto de Mário Cesariny que ganham vida nas vozes de atores portugueses.
 
Ana Sofia Paiva, Angelo Torres, Cláudia Andrade, Diogo Dória, Luís Miguel Cintra e Natália Luiza e Tiago Mota, a única criança do grupo, são os responsáveis pela declamação dos sete poemas que exprimem as reflexões dos autores sobre o período de quarentena e sobre o que sonham ou temem para o Mundo Novo que se avizinha.
 
Enquanto se ouvem as declamações, Fernando Mota toca instrumentos criados a partir de materiais naturais e que podem ser tão efémeros como uma cítara criada a partir de ramos de árvores caídos num dos locais de gravação. 
 
As filmagens, a cargo do realizador Mário Melo Costa, tiveram lugar em locais ao ar livre - uma serra, uma sucata, a praia.

 

A Grande Castatrofe - António Barahona

Clorofila- José Luís Peixoto  

Sem Título - Vasco Gato

Navio de Espelhos - Mario Cesariny

Musica para 7 filmes - Fernando Mota
 
uma produção A CARAVANA PASSA
Com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa - Fundo de Emergência Social - Cultura